Yeva Cosmétiques Yeva Cosmétiques Yeva Cosmétiques

Empresa de Itaúna vai produzir e comercializar no Brasil e no exterior tônico capilar da UFMG

A mineira Yeva Cosmétiques foi a indústria escolhida para fabricar e comercializar no Brasil e no exterior um ativo inovador, que interrompe a queda e faz crescer o cabelo, desenvolvido por um grupo de pesquisadores da UFMG. Com fábrica em Itaúna, no Centro-Oeste mineiro, a Yeva inicia a produção no final deste mês e coloca o produto no mercado em maio. “Fomos escolhidos pela qualidade. É um processo que já estava há dois anos em negociação. Assinamos o contrato (com a UFMG) há um ano”, conta uma das fundadoras da Yeva, Carina Soares, 37, que ganhou a concorrência de outras indústrias participantes no processo.

Carina não divulga o valor investido para adquirir os direitos de fabricação, mas conta que o novo tônico capilar (com nome ainda sob sigilo) será vendido em frascos de 20 mL que já estão com layout pronto. “O preço de venda para o consumidor final não está fechado, mas vai ser bem acessível”, adianta.

A estimativa inicial é produzir e vender 100 mil frascos por mês. “O processo de pré-venda começa em abril, quando os clientes (do varejo) já poderão fazer a reserva”, calcula.

Expansão e nova unidade. A fundadora da Yeva conta que a empresa comporta a produção do produto. “Hoje, são em torno de cem pessoas entre funcionários diretos e indiretos. Mas serão necessárias novas contratações em várias áreas”, calcula Carina.

O novo tônico capilar também demandou investimentos em maquinário. A fábrica em Itaúna – um aglomerado de prédios onde funcionam as áreas administrativa, de produção e de estocagem – está fabricando 100 mil unidades por mês de outros 30 produtos voltados para as linhas capilar, corporal e de ambiente. “Com o tônico capilar desenvolvido pela UFMG, teremos a produção de mais 100 mil unidades, mas a capacidade produtiva é de 300 mil unidades”, explica Carina.

A empresária informa que vai triplicar a produtividade da Yeva, porque, junto ao tônico, virão outros produtos derivados da patente da UFMG. “A produção será toda incorporada aqui na fábrica. A gente consegue triplicar o volume no mesmo espaço instalado”, calcula.

Carina conta que já tem um projeto para a instalação da segunda fábrica da Yeva, que será bem maior que a atual unidade. “Já temos uma área em Minas Gerais, mas se tiver outra oportunidade de uma área melhor, podemos migrar para ela, independentemente da cidade”, avisa a executiva.

Na esteira do tônico com tecnologia da UFMG, vem toda uma linha não somente capilar, como também de cosméticos de tratamento. “A partir do lançamento do produto inovador da UFMG, vem uma linha grande de cosmecêuticos tanto na linha capilar quanto na corporal. Aí entra o projeto de expansão da fábrica, e o mix de produtos vai aumentar ainda mais”, comemora.

Carina explica que o estudo clínico com o desenvolvimento da tecnologia do tônico foi de um grupo de pesquisadores da UFMG, mas o desenvolvimento do produto industrialmente e comercialmente é da Yeva. “O produto é eficaz na calvície porque não tem efeito colateral de impotência nem de irritação do couro cabeludo. Além do ativo que os pesquisadores descobriram e que atua na calvície, o ativo vai direto para o bulbo capilar. Então, a pessoa pode não ter cabelo, mas se ela tiver o folículo capilar, o produto é 100% eficaz”, diz. A partir de quatro meses de uso do produto, os efeitos aparecem. São necessárias quatro gotas todas as noites. “O perfil é para aquele cabelo que está ralo”, informa Carina.

Portfólio crescerá de 30 para 50 produtos

Neste ano, Carina Soares também está aumentando o mix de produtos fabricados em sua empresa, a Yeva Cosmétiques. O portfólio de 30 itens vai passar para 50 produtos dentro das linhas corporal, de ambiente e capilar. “Nossa proposta é fornecer perfumaria de bom custo benefício e de altíssima qualidade, tanto nos varejos farmacêutico como alimentar”, informa Carina, que sempre teve empatia pelos setores de beleza e perfumaria. A executiva explica que a Yeva também trabalha com fragrâncias de perfumaria fina. No caso do perfume de ambiente e do sabonete líquido, a mais vendida é a de cedro com patchouli.

Trajetória. Com duas formações acadêmicas – terapia ocupacional e administração de empresas – Carina sempre gostou da área ligada a cosméticos. “O que me chamou a atenção inicialmente foi a parte de perfumaria fina ligada a ambientes. Há oito anos, não tinha muito a perfumaria ligada a ambientes, que é o aromatizador. Junto a isso, veio toda a área de cosméticos”, lembra-se. No plano estratégico, a atuação da Yeva é focada no varejo de redes. “Nunca tivemos a intenção de ter loja”, afirma.

Fonte: http://www.otempo.com.br/capa/economia/yeva-cosm%C3%A9tiques-construir%C3%A1-nova-f%C3%A1brica-em-minas-gerais-1.1581658

 

Imagens

Clique na imagem para ampliar.

Vídeos

Clique na imagem para visualizar o vídeo.

© 2018 Yeva Cosmétiques

Todos os direitos reservados

Fone.: +55(37) 4101-0345 | (37) 3243-6600 - Rua Wilson Mendes Nogueira, 265 - Santa Mônica | Itaúna-MG